Foto: Gilvan de Souza

Foto: Gilvan de Souza

Eduardo Bandeira de Mello: "O que foi feito é absolutamente inadmissível"

Presidente rubro-negro repudia matéria de capa veiculada pelo Jornal Extra

Em 01/09/2017 às 14h35

RSS
Foto: Gilvan de Souza

Foto: Gilvan de Souza

No início da tarde desta sexta-feira (01), o presidente rubro-negro Eduardo Bandeira de Mello, ao lado do diretor de comunicação do clube Márcio Mac Culloch, concederam entrevista coletiva na Sala de Imprensa Victorino Chermont, no Ninho do Urubu, para tratarem da matéria veiculada no Jornal Extra na edição desta sexta-feira com relação ao goleiro Alex Muralha.

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em vídeos da FlaTV Nação Rubro-Negra, com entrevistas exclusivas dos jogadores! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.

Primeiramente, o mandatário ressaltou todo o descontentamento por parte do Clube de Regatas do Flamengo, representado em sua figura, com relação ao tom desrespeitoso da capa do jornal em questão.

"Queria expressar minha revolta, que não é só minha, mas de todos nós aqui no Flamengo, dos atletas, funcionários e todos os torcedores que se manifestaram até agora comigo, com relação ao desrespeito do qual a instituição e o atleta foram vítimas nessa matéria do Extra. Já venho me manifestando há algum tempo no sentido de exigir respeito ao Flamengo e aos seus atletas em matérias e intervenções debochadas em programas. Já fui mau interpretado e tive minhas declarações distorcidas, mas nada chega perto do que aconteceu hoje", disse. 

Em seguida, o presidente rubro-negro relembrou que, além do profissional, há o aspecto humano de goleiro. "Estamos falando de um ser humano que tem filho, pai e mãe, como todos nós aqui, que foi vítima de uma covardia. Acho que em um momento no qual todos nós, inclusive da imprensa, estamos empenhados em acabar com a violência no futebol, uma matéria como a de hoje só contribui para incitar ânimos e ações violentas. Se alguma coisa acontecer com o Alex Muralha por causa disso, espero que os responsáveis se sintam ao menos um pouco tristes, porque o que foi feito é absolutamente inadmissível", afirmou.

Bandeira de Mello também esclareceu que nenhuma sanção será aplicada ao veículo responsável pela matéria, mas propõe uma reflexão sobre o tom com o qual o camisa 38 foi tratado. "Em momento nenhum faço qualquer reparo à liberdade de opinião, à liberdade de imprensa. O Flamengo sempre prezou por isso. Jamais cercearemos o trabalho de vocês, inclusive o do veículo responsável por essa matéria, muito menos sobre opiniões técnicas sobre jogadores nossos, sobre o trabalho do time e sobre o meu trabalho. Todos têm o direito de ter suas opiniões. O que coloco aqui é simplesmente um repúdio em uma hora na qual tudo isso é extrapolado e a coisa resvala para o lado do deboche e do desrespeito, à instituição e ao ser humano", completou.

Em seguida, Márcio Mac Culloch, diretor de comunicação do Mais Querido, comentou sobre o ocorrido. "Acho que cabe à comunicação do clube, na minha pessoa, se pronunciar. Se tem uma coisa que me orgulho em relação ao Flamengo nesse sentido é o relacionamento honesto que temos com todos os veículos e colegas que estão aqui todos os dias cobrindo o clube. Essa relação vai continuar sendo boa, pois acho que é assim que tem que ser. O Flamengo é um clube democrático também no trato com a imprensa", comentou Márcio, que falou sobre o caso na sequência.

"Respeito as críticas, fazem parte do jogo, e o que a gente acha hoje é que houve um exagero com ironia, uma passagem de tom em relação à materia e, mais especificamente, à capa. Não se trata de defender um ou outro atleta. É um papel do clube vir a público sempre que achar que os profissionais do clube estão sendo tratados de maneira injusta, e a comunicação sempre irá tentar fazer isso da melhor forma possível. Essa é mais uma maneira de explicar o nosso posicionamento em relação ao que aconteceu e torcer para que coisas assim não aconteçam novamente", concluiu.

Assista à entrevista coletiva na íntegra pelas lentes da FlaTV:

CONTINUE LENDO

Mais Flamengo em campo

Quanto mais sócios-torcedores, mais reforços e mais estrutura para o time!

Mais Flamengo em ingressos

Sócio-torcedor tem prioridade e desconto para ver o Mengão

Mais Flamengo em produtos

Sócio-torcedor compra presente de Natal com desconto nas lojas oficiais!

Mais Flamengo inesquecível

Sócio-torcedor acumula pontos e troca por experiências exclusivas!

Mais Flamengo em vídeo

Sócio-torcedor tem transmissões ao vivo e vídeos exclusivos do Flamengo!

Orgulho de ser sócio-torcedor!

Jogue junto, faça o time mais forte e tenha mais Flamengo em todos os momentos.





Nossos patrocinadores:



Apoio:

Parceiros:



Clube de Regatas do Flamengo

Avenida Borges de Medeiros, 997 - Lagoa - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - CEP 22430-041 - Tel.: 21-2159-0100
CT George Helal - Estrada dos Bandeirantes 25.997 - CEP 22785-275 - Vargem Grande - Rio de Janeiro

Politica de Privacidade

Quer trabalhar conosco?

Envie seu currículo para:

rh@flamengo.com.br

com cargo/setor no assunto do e-mail

desenvolvido por